Sindical/operário

MST DENUNCIA O DESCASO DA REFORMA AGRÁRIA PELOS GOVERNOS E FECHA BR’S

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) iniciou o dia (12/12) fechando várias BR’s do estado da Paraíba. São mais de 4.000 acampados e assentados mobilizados para denunciar o Governo Federal e o Governo Estadual pelo não cumprimento de acordos e pela ausência de políticas públicas para as famílias trabalhadoras do campo, especificamente as do MST.

Fonte: 

Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra   MST- PB - mstparaiba@yahoo.com.br  / www.mst.org.br

A DESINDUSTRIALIZAÇÃO NO BRASIL

 Wilson Cano [2]

RESUMO

O texto analisa a desindustrialização em marcha no Brasil e alguns dos impasses da política macroeconômica. A industrialização atingida nas décadas anteriores deteriorou-se face à ausência de políticas industriais e de desenvolvimento e da conjugação de juros elevados, falta de investimento, câmbio sobrevalorizado e exagerada abertura comercial. Nesse contexto, ocorre uma desindustrialização nociva que fragiliza o país e compromete sua economia. Na ausência de uma política macroeconômica consentânea com a política industrial, o desenvolvimento fica comprometido. Por sua vez, cabe lembrar que o subdesenvolvimento não representa uma etapa ou acidente de percurso, mas um processo que se inicia com a inserção no mercado internacional capitalista no século XIX e, desse processo, o Brasil ainda não se libertou.

Estudo aponta que quase 60% dos metalúrgicos de São Paulo são jovens

 

05/12/2012 

Pesquisa da subseção do Dieese na FEM-CUT/SP constatou que 22,5% dos jovens são mulheres, com maior concentração no setor eletroeletrônico. 

Escrito por: Viviane Barbosa – FEM/CUT-SP

 

Balanço das greves em 2010-2011

AGROTÓXICO CAUSA MORTE NA PARAÍBA

 Após trabalhar nos plantios de tomate, mantendo contato direto e intensivo com agrotóxicos, uma jovem agricultora com apenas 23 anos de idade, grávida e mãe de mais dois filhos, adquire grave doença que provoca sua morte no interior da Paraíba.

Fonte: 

Blog do Levante Popular da Juventude - Paraíba: http://levantepb.org/2012/10/18/agrotoxico-causa-morte-na-paraiba/

PM reprime ato de garimpeiros em Serra Pelada

 

No dia 17 de agosto de 2012 os moradores da Vila Serra Pelada realizaram uma manifestação por melhorias em sua comunidade. Cansados de verem os saques dos minérios diante de seus olhos e em contrapartida não recebem absolutamente nada, foram fechar a estrada que dá acesso à comunidade exigindo asfalto, segurança, educação saúde, vida digna, etc. Essa mesma estrada é utilizada pelas empresas mineradoras saqueadoras, VALE e COLOSSUS. Desta forma a população impediu o tráfego dos veículos das empresas, deixando passagem livre exclusivamente para os moradores da região.

Paralisação de metalúrgicos suspende produção em 50 fábricas do ABC

Os metalúrgicos da região do ABC paulista fazem uma paralisação de 24 horas nesta segunda-feira para reivindicar melhores salários.

De acordo com a CUT (Central Unificada dos Trabalhadores), a paralisação suspendeu as atividades das principais fábricas do ABC paulista, com adesão de cerca de 80% dos trabalhadores que estavam mobilizados, cerca de 56 mil pessoas.

Consepe suspende calendário acadêmico da UFPB

O Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFPB (Consepe) decidiu nesta quinta-feira (23/8) suspender o calendário acadêmico da universidade. Na prática, a medida paralisa as atividades dos programas de pós-graduação e do Ensino a Distância (EaD) que continuavam funcionando apesar da greve dos professores, que completa 100 dias nesta sexta-feira. Prazos internos de relatórios, da pesquisa e da extensão ficam suspensos. Cerca de 6 mil alunos de especialização, mestrado e doutorado serão afetados.

A greve dos servidores, a universidade pública e o Estado brasileiro

Em 2012, o Brasil irrompe no centro de uma história que não tardou a ser escrita. Se de um romance se tratasse, estaría­­mos chegando ao auge de um dos capítulos definitivos para o enredo. Como se trata da realidade concreta, estamos diante de um importante momento da mobilização de um significativo setor da sociedade brasileira: o serviço público federal.

O leitmotiv dessa história, parece restar nítido, é a greve dos docentes das universidades e instituições federais de ensino.

Fonte: 

 Publicado em 21/08/2012 | RICARDO PRESTES PAZELLO

Abreu e Lima demite após 20 dias de greve

Abreu e Lima demite após 20 dias de greveDoze dias depois do protesto que terminou com sete ônibus incendiados e equipamento destruídos, o Complexo Industrial de Suape voltou a viver momentos de tensão. Sem prévia notificação, centenas de trabalhadores da obra da Refinaria Abreu e Lima foram surpreendidos ontem no início do expediente, após 20 dias de greve, com a informação de que estavam demitidos por justa causa.