JOVENS DO LEVANTE POPULAR DA JUVENTUDE ESTÃO DETIDOS ILEGALMENTE EM SALVADOR: LUTAR NÃO É CRIME!

30/11/2015

 

 

Por volta das 6:30 da manhã desta segunda-feira (30/11), (3) três jovens do Levante Popular da Juventude de Salvador foram arbitrariamente detidos pela Polícia Militar da Bahia. O movimento social realizava protesto na Governadoria do Estado, localizado no Centro Administrativo da Bahia - CAB, contra o genocídio da juventude negra.

As estatísticas de homicídio de jovens negros são alarmantes. O estado brasileiro tem conformação racista, construiu ao longo dos anos uma política excludente e genocida, que nega ao povo negro qualquer oportunidade de viver plenos direitos, encarcerando e exterminando a juventude negra. Somente nesse ano, pelo menos 5 grandes chacinas ocorreram em solo brasileiro, nos estados da Bahia, Ceará, Rio Grande do Norte, São Paulo e Rio de Janeiro. Em todos esses casos há algo em comum: as vítimas são jovens negros da periferia.

No momento da concentração para a realização do protesto hoje pela manhã, a PM chegou de forma extremamente truculenta, agredindo os manifestantes. Ordenaram que os jovens deitassem no chão, colocaram os pés na cabeça dos manifestantes, empunhando, os policiais, armas de guerra, numa operação absolutamente desproporcional, cometendo excessos e ilegalidades.

Os jovens, não realizaram nenhuma infração penal, nenhum crime. Mas sim, estão organizados para lutar contra as injustiças e desigualdades em nosso país e na nossa capital Salvador. O que está em jogo nesse momento, portanto, é a defesa do direito à livre manifestação que está sendo violentamente atacado. Quanto a isso, não realizaremos nenhum passo atrás. 

 
Exigimos a imediata liberação dos nossos jovens! 
Tirem as mãos de cima da juventude!

CONTRA O GENOCÍDIO DA JUVENTUDE NEGRA!
NÃO À CRIMINALIZAÇÃO DOS MOVIMENTOS SOCIAIS!

LEVANTE POPULAR DA JUVENTUDE

‪#‎SOLTEMNOSSOSJOVENS‬
‪#‎LUTARNÃOÉCRIME‬