Levante popular da juventude lança campanha “Apague o Ditador da sua Escola”

 

Na sexta-feira (28), o Levante Popular da Juventude lançou a campanha intitulada “Apague o ditador da sua escola”. A campanha lembra os 46 anos o assassinato do estudante secundarista Edson Luis e os 50 anos do Golpe Militar no Brasil.

 

A campanha organizará no período de 31 de março a 5 de abril atividades nas escolas que tenham nome de ditadores de todo país para discutir os 50 anos do golpe. Além disso, as atividades buscarão explanar quem foi a pessoa/ditador que dar o nome a escola.

 

Pretende-se também a troca dos nomes das escolas por pessoas torturadas e mortas no período do golpe militar como forma de garantir o direito a memória e a verdade.

 

Os organizadores da campanha irão mapear e exigir a trocar dos nomes das escolas públicas que ainda possuem nome de um dos cinco ditadores do período ditatorial, a campanha visa mobilizar mais de 20 estados no Brasil.

 

Um abaixo-assinado está em curso na internet: http://levante.org.br/apague-o-ditador-da-sua-escola/

 

Escolas com nomes de ditadores

Segundo matéria publicada em 2013 no jornal Estadão, no Brasil, quase mil escolas ainda possuem nome de ditadores (http://oglobo.globo.com/educacao/pais-tem-quase-mil-escolas-com-nomes-de-presidentes-da-ditadura-9782672).

 

Levante Popular da Juventude

Movimento social nacional de juventude surgido em 2012 com os escrachos contra os torturadores do período ditatorial.

 

Resumo

O que: Campanha ‘Apague o ditador da sua escola’ que visa mudar os nomes das escolas que possuem nomes de ditadores do período ditatorial no Brasil.

 

Data: 31 de março a 05 de abril

Contato:

Hellen  41 97890624

Laryssa Sampaio 11 970241269 

http://levante.org.br/apague-o-ditador-da-sua-escola/

https://www.facebook.com/levantepopulardajuventude