Nossa Homenagem aos 30 Anos de construção do Movimento Sem Terra

 

Há  30  anos,  um  encontro  nacional  que  reuniu  80  trabalhadores  do  campo  em Cascavel,  no Paraná, em 22 de janeiro de 1984, deu origem ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra. Um marco histórico na luta pela terra no Brasil. 

 

 Nos anos seguintes de sua existência, o MST fez dessa data um marco histórico também para a  luta  social  do  Povo  Brasileiro.  E  fez  escola,  não  apenas  as  mais  de  2  mil  escolas  rurais  em  seus acampamentos e assentamentos. Em cada uma das suas mais de 2,5 mil ocupações, em seus cursos de formação,  nos  Cursos  de  Realidade  Brasileira,  nas  Jornadas  de  Luta  e  no  permanente  trabalho  de organização popular.

Durante  esta  trajetória  o  MST  se  tornou  uma  referência  não  apenas  para  milhares  de camponeses  sem-terra,  mas para  toda  a  esquerda  latino–americana  como  um  exemplo  de organização.  

Mesmo  durante  o  ápice  da  ofensiva  neoliberal  o  MST  foi  uma  das  principais organizações  a  empunhar  a  bandeira  do Projeto  Popular,  defendendo  uma  alternativa  política soberana  e  popular  para  o  Brasil  como  única  maneira  de  avançar na  Reforma  Agrária.  Ensinou aos trabalhadores  e  trabalhadoras  que  seus  direitos  só  avançam  nessa  luta,  com  formação e organização. Resistiu e cultivou a necessidade da Revolução Brasileira.

Nós  da  Consulta  Popular  nos  orgulhamos  de  ser fruto  desses  30  anos  de  construção. Saudamos  o  MST  e  a todos  os que  fazem  parte  dessa  história! E,  reafirmamos nosso  compromisso comum e permanente com a Reforma Agrária Popular com o Projeto Popular para o Brasil!   

Ao  enfrentar as  difíceis  condições  de  luta  que  se  colocaram  para  a  classe trabalhadora  na década de 90, o MST cumpriu o papel histórico de manter viva a luta pelo socialismo, o resgate do trabalho  de base  e  o  exemplo  pedagógico  que  foram  fundamentais  na  retomada  da  capacidade  de lutas que atualmente presenciamos.    Consulta Popular, 24 de Janeiro de 2014 Reunião da Direção Nacional