NOTA DE REPÚDIO DA CONSULTA POPULAR CONTRA O DESPEJO DO CENTRO DE FORMAÇÃO PAULO FREIRE

 

 

A Consulta Popular se posiciona contra o pedido de despejo do INCRA ao Centro de Formação Paulo Freire. Compreendemos que qualquer atitude que vise impedir a construção do conhecimento e fragilizar a atuação dos Movimentos Sociais é arbitrária, na medida que viola os preceitos democráticos.

O Centro de Formação Paulo Freire tem atendido vários seguimentos da sociedade como um espaço destinado à construção de conhecimento, nele várias turmas de assentados tiveram acesso à formação nos cursos de nível técnico e superior, que acontecem em parceria com universidades. Hoje o Centro de Formação é um espaço de referência nacional.

No momento em que as instituições de ensino no Brasil têm sido perseguidas por meio do terrorismo ideológico que visa inibir a liberdade de expressão e avançar cada vez mais na diminuição das margens democráticas na sociedade, é fundamental defendermos os movimentos sociais e suas iniciativas de Educação Popular.

O Assentamento Normandia é fruto da luta de muitos trabalhadores e trabalhadoras, por sua história e por tudo que representa como instrumento de resistência contra a opressão e o obscurantismo que tomou o Brasil. A Consulta Popular se coloca ao lado de todos os esforços necessários para impedir esta ação violenta do Estado.

 

Ninguém solta a mão de ninguém!

Essa luta é nossa, essa luta é do povo!

Consulta Popular