Minas Gerais

Médicos da PBH: Manifestação de Protesto por melhores condições de trabalho fecha principal avenida do Centro de Belo Horizonte

Os médicos da rede pública de Saúde de Belo Horizonte, unidos aos demais servidores da Saúde, realizaram uma Manifestação de Protesto na tarde de 14 de junho, em frente à Prefeitura.

Fonte: 

fonte: http://www.sinmedmg.org.br/noticias/pt-br/ler/7885/medicos-da-pbh-manifestacao-de-protesto-por-melhores-condicoes-de-trabalho-fecha-principal-avenida-do-centro-de-belo-horizonte 

Levante da Juventude esculacha médico legista da ditadura militar

O estado de Minas Gerais protagonizou outras duas ações. Em Belo Horizonte, o alvo de mais 100 pessoas foi a casa de João Bosco Nacif da Silva, médico-legista da Policia Civil da ditadura militar, denunciado pela participação num crime de assassinato e tortura na capital, em 1969. João Bosco foi responsável por autos de corpo delito na época, como no caso de João Lucas Alves, ao atestar um laudo médico dizendo que o jovem havia se suicidado, de acordo com o livro Tortura Nunca Mais.

No interior do estado, no município de Teófilo Otoni, outros 40 jovens fizeram um ato público nas ruas do centro da cidade. O ponto de partida da marcha foi a antiga cadeia da cidade e o Tiro de Guerra do Exército, e finalizaram na Praça Tiradentes. A atividade teve como objetivo resgatar a memória de Nelson José de Almeida, militante da organização política Comando de Libertação Nacional (COLINA), morto aos 21 anos no município. Além de denunciar o responsável por sua prisão, tortura e morte: o antigo 1º tenente da Polícia Militar Murilo Augusto de Assis Toledo, que foi agente do Dops de Minas.

ESCULACHO CONTRA TORTURADOR EM BELO HORIZONTE

O Levante Popular da Juventude denunciou na manhã desta segunda-feira (26) o torturador Ariovaldo da Hora e Silva. Cerca de 70 pessoas participaram do esculacho em frente à residência do torturador Ariovaldo da Hora e Silva, na rua Biagio Polizzi, 240, apto 302, bairro da Graça, Belo Horizonte (MG).

Estudantes protestam contra aumento de mensalidades na PUC Minas

Ontem, dia 01 de março, pela manhã, cerca de 1000 estudantes Minas realizam ato contra o aumento das mensalidades de 9,8% na PUC Minas.

Assembléia Popular dos Vales e UFVJM constrói o curso de formação Borun

Data: 
Qua, 01/02/2012 (Todo dia)

Localização

Vale do jequitinhonha

Visando associar espaço de mobilização e organização com formação política, a Assembléia Popular dos Vales está construindo juntamente com o Núcleo de Extensão e Pesquisa Agrário e Movimentos Sociais (NEPAM) da UFVJM, o curso de formação Borun, o qual tem como principal objetivo continuar o processo de formação política, teórica e de educação popular com os militantes destas entidades, que participaram das duas turmas de Curso Realidade Brasileira que ocorreram na