São Paulo

A proposta de reforma política de Aécio Neves

 

 

 Juliane Furno

 Como se não bastasse deixar de mencionar o principal entrave aos interesses populares, o fim do financiamento privado de campanha, o candidato do PSDB ressuscita a ideia conservadora do voto distrital, que contribui decisivamente para a marginalização e sub-representação das minorias políticas

Fonte: 

Jornal Brasil de Fato 

A eleição de 26 de outubro e a política internacional: o Brasil entre o avanço e o retrocesso

 

Pedro P. Bocca* 

            O segundo turno das eleições presidenciais brasileiras nos apresenta mais uma vez a disputa que permeia o cenário nacional há duas décadas. Muito tem se debatido sobre as consequências políticas/econômicas/sociais de um retorno brasileiro ao neoliberalismo mais puro representado pela candidatura Aécio Neves – e quais os desafios do continuismo do governo petista em seu quarto mandato consecutivo. Mas, ao olharmos a politica internacional, o que está em jogo nas eleições[1] de 26 de outubro?

Ato Nacional Contra Independência do Banco Central

Data: 
Qui, 02/10/2014 - 15:00 - 18:00

Localização

rente ao Banco Central
localizado à Avenida Paulista 1804.
São Paulo, SP

Circ.:  EE 05015099045/SG/2014                                                                                                                                                              

Nota pública da Consulta Popular em São Paulo sobre as Eleições 2014

“A crítica - a mais implacável, violenta e intransigente - deve dirigir-se não contra o parlamentarismo ou a ação parlamentar, mas sim contra os chefes que não sabem - o mais ainda contra os que não querem - utilizar as eleições e a tribuna parlamentares de modo revolucionário, comunista.

MISSA DO 7º DIA DE ZÉ REZENDE

Data: 
Qua, 03/09/2014 - 19:30 - 21:00

Localização

PARÓQUIA SAGRADA FAMÍLIA
AVENIDA DO CURSINO - JARDIM DA SAÚDE

Lembranças de José Rezende

 

PLEBISCITO PELA REFORMA POLÍTICA TEM INÍCIO NA PRÓXIMA SEMANA

 

Fonte: 

 

http://www.abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=61420

Garantir o Estado Laico para garantir os direitos das mulheres: Constituinte já!

Por: Maria Júlia Montero*

Nos últimos anos, uma preocupação que acomete a todo o movimento feminista (e não só) é o aumento do conservadorismo no Brasil. Lado a lado com o aumento de uma suposta maior liberdade sexual, o discurso mais escancaradamente conservador – contra os direitos das mulheres, particularmente os sexuais e reprodutivos, direitos da população LGBT e ataque às religiões da população negra – vem tornando-se cada vez mais visível e com mais adeptos.

As trabalhadoras domésticas e o direito à carteira de trabalho

         

 

 

Já completam-se mais de um ano em que uma histórica e polêmica Proposta de Emenda Constitucional (PEC) percorreu os corredores e o Plenário do Congresso Nacional. No entanto, a medida de alteração da constituição federal – visando garantir a expansão de direitos às trabalhadoras domésticas – ainda permanece sem regulamentação.